Chocolatinhos de óleo de coco

Que óleo d coco é um alimento maravilhoso todo mundo já sabe né?! Alias, o coco como um todo! Mas sei que muita gente tem dificuldade de consumir devido ao sabor forte, então duas boas notícias:

A primeira é que já temos aqui no Brasil uma marca que está vendendo óleo de coco sem sabor, natural, sema aditivos, apenas filtrado!

A segunda é que essa receita fica maravilhosa e você nem vai ligar para o sabor de óleo de coco, e é muito fácil de fazer, afinal, uma opção de docinho saudável e fácil como essa vale a pena tentar né?!

Ingredientes:

1/3 xícara de óleo de coco

1 colher de chá de cacau (uso da Callebaut, é 100% e é o mais gostoso de todos, faz absolutamente toda a diferença no resultado final da receita, na minha opinião)

2 colheres de sopa de farinha de coco + 2 colheres de sopa de coco em lascas

2 colheres de sopa de castanha de caju picada

gotas de stévia ou açúcar de coco a gosto para adoçar

*Você pode fazer sem o coco, sem as castanhas,  pode usar frutas secas, pode usar castanhas inteiras, pode adicionar especiarias… fique livre para fazer mil e uma opções! A base importante aqui é o oleo de coco e o cacau, o resto é vc quem cria!

chocolate-de-oleo-de-coco

Modo de preparo:

Derreta o óleo de coco, misture tudo, coloque em forminhas de silicone e leve ao freezer. Consuma diretamente do freezer, pois o óleo de coco derrete rapidamente! Prontinho! Fácil demais né!?

 

Hambúrguer de salmão

Hamburgueres.. Como não amar! Além de ter infinitas possibilidades, ele não necessariamente precisa ser acompanhado de pão. Para mim, basta uma boa salada e a refeição fica completa! Além de ser muito fácil fazer né?!

No geral as proteínas não precisam de nada para dar liga (não, não precisa de ovo, de aveia, de trigo.. Nadinha). Pois elas coagulam com o calor se “grudam”, então é ainda mais fácil do que você imaginou!


Burguer de salmão:

500g de salmão picado e batido na faca (picote ele como se estivesse picotando tempero verde sabe?)

1 colher de chá rasa de sal

1 pitada de pimenta – a gosto

1 punhado de tempero verde

E só! Você pode por cebola picada, alho, etc. eu gosto de fazer burgueres mais básicos..

Modo de preparo:

Misture tudo em um bowl e molde os burgueres, eles não estarão firmes nesse momento. Aqueça a frigideira e coloco o burguer, espere dourar, vire, abaixe o fogo e tampe a frigideira (para cozinhar no meio) por 3 minutinhos, retire e sirva!

Muito facil ne?!

No caso do de salmão recomento congelar já grelhado!

Espero que gostem!

Curso de Saladas e molhos funcionais FLORIPA

O curso desse mês em Florianópolis está divino! Serão saladas deliciosas para sair da mesmice e comer salada com muito gosto, além de diversos molhos que servem para incrementar qualquer prato!

curso-salada

As receitas trabalhadas serão:

  • Tartar de salmão com abacate e folhas

  • Salada de abobrinha marinada com lascas de mignon

  • Salada de cenoura oriental com tiras de frango

  • Salada de tomate, abacate e requeijão funcional

  • Molhos: molho de tahini com limão, maionese de manga, vinagrete de maracujá

Espero vocês com esse curso delicioso!!

As inscrições e informações são diretamente com o Studio pelos contatos: WhatsApp (48) 9981-0473 ou telefone (48) 3225-8566 ou email:contato@studiodenutricao.com.br

Entradas a base de tâmaras medjool

A tâmara é um ingrediente super versátil! Ela tem sabor intenso de caramelo, textura macia que dá liga e sabor para diversas receitas. Já rolou aqui até doce de “leite” a base de tâmaras, que também serve como purê para adoçar! A Tâmara medjool é um tipo de tâmara fresca, carnuda, suculenta e muito diferente dessas tâmaras secas que vemos por ai. Recebi algumas sensacionais e quis fazer duas receitas simples com elas para mostrar a versatilidade, uma contrastando com o salgado e outra doce. Ótimas opções para receber amigos, servir de entrada ou apenas para matar uma vontadezinha de doce!
Tâmaras recheadas de ricota de amêndoas com pimenta


 8 tâmaras medjool

 1xícara de resíduo do leite de amêndoas (faça o leite e o que sobrar de resíduo vc usa na receita) – pode ser de outra castanha

 azeite de oliva

suco de limão

sal

pimenta da sua preferencia para finalizar

Em um bowl tempere o resíduo das amêndoas com sal azeite e limão a seu gosto. Caso o resíduo esteja muito sequinho adicione água aos pouquinhos para deixar uma textura mais cremosa porém firme.

Abra as tâmaras medjool e retire as sementes. Recheie, finalize com a pimenta e regue com um fio de azeite!

Ta pronto! Fácil ne?!

Agora a doce:


Tâmaras medjool com morangos orgânicos, chocolate 70% e flor de sal

Abra as tâmaras medjool e retire a semente, coloque um morango no meio (se estiver grande, corte ao meio como os da foto). Derreta chocolate da sua preferencia, bem pouquinho tipo 30g, passe as pontas (ou a tâmara inteira!) no chocolate derretido, coloque a flor de sal (opcional mas eu amo chocolate com flor de sal), e leve para a geladeira!

Lembrando que: quando o chocolate não é temperado ele derrete, então caso queira deixar exposto na mesa, faça a temperagem (de um google, é facinho), caso não faça, retire da geladeira e sirva!

Creme “brigadeiro” de cacau e amendoim

Essa não é nem bem uma receita, é mais uma dica de mistura que faço para por como cobertura, recheio ou até só para comer com alguma fruta em um momento de vontade de algo doce.

IMG_7813

A consistência lembra muito de brigadeiro de colher, e para ser sincera ainda não testei fazer com menos líquido para ver se consigo enrolar…

Ingredientes

1 xícara de manteiga de amendoim (ou outra da sua preferencia, quando mais lisa a pasta, melhor)

cerca de 2/3 xícara de líquido – faço com água geralmente mas pode usar algum leite vegetal

3 colheres de sopa de cacau (uso callebaut e faz toda a diferença)

3 colheres de sopa de açúcar de coco ou mascavo (ou demerara ou xylitol ou stevia….)

Modo de preparo

Comece misturando a manteiga de amendoim com o líquido colocando o líquido aos poucos, de inicio ele vai engrossar a pasta, vá adicionando e ela vai diluindo formando um creme. Depois adicione o cacau e o açúcar e misture bem, se precisar coloque um pouco mais de líquido. Pronto! Fácil né?

Atenção: NÃO VAI AO FOGO! É só misturar, sem truque, sem misterio, sem precisar de muita tecnica até! Hahah

Agora é só se deliciar e usar como recheio, cobertura, para comer de colher….Se deixar na geladeira por cerca de 3 horas ele endurece um pouco e fica com essa textura linda da foto!

IMG_7807

Couve flor e brócolis gratinados com toque de mostarda

Se você é desses que “esquece” da salada no inverno, saiba que existem muitas versões de pratos quentes com legumes deliciosos para aquecer de forma saudável!

Legumes gratinados é uma opção, mas não vale com molho feito com leite e trigo e nem batata inglesa ne?! Hahah


Essa receita é rapidinha de fazer!

Ingredientes:

1/2 cabeça de couve flor

1/2 cabeça de brócolis chinês

Molho:

1xic de castanha de caju crua deixada de molho

1 copo de água

2/3 xícara biomassa amolecida

1/3 xic de azeite de oliva

1 colher de sopa de mostarda (usei com grãos)

Sal e pimenta a gosto

1colher de chá de curcuma (açafrão da terra)

Modo de preparo

Corte a couve e o brócolis em “arvores”, ferva água em uma panela e coloque a coive flor por 2 minutos, retire e passe agua fria e em seguida o brocolis por 1 minuto, retire e passe água fria. Esse processo de chama BRANQUEAR.

Para o molho: bata a castanha com 1 copo de agua ate ficar cremosa, em seguida acrescente a biomassa e os outros ingredientes. Acerte o sal.

Coloque em uma assadeira a couve e brocolis. Regue com o molho e leve para assar a 200°C por cerca de 15 minutos ou até dourar (se você tiver dourador, use!).

Sirva em seguida! Espero que gostem!

*caso sobre o molho, guarde em geladeira e use como pastinha ou como molho para outra receita!

Dicas para se organizar na produção de pratos congelados para o seu dia-a-dia

Quem tem uma vida corrida sabe que organizar a alimentação é um dos fatores fundamentais para mantermos a saúde. Nem sempre é fácil encontrar boas opções pelas ruas, além do alto custo, é claro. Então vale a pena tirarmos umas horinhas do final de semana para preparar alguns pratos e deixar congelados para uma ou duas (ou até mais) semanas!

foto post

Esses tempos falei no meu Snapchat (amabilekolenda) sobre essas dicas e o pessoal adorou, resolvi então transformar em post, até porque no snapchat as informações ficam apenas 24hrs.

Muita gente acha que é trabalhoso, mas é tudo questão de se organizar e acredito que eu possa ajudar com algumas dicas.

  • Faça um cardápio, divida em quantidades de cada grupo  você irá fazer, por exemplo: Frango 3 pratos, Peixe 3 pratos, Veggie 3 pratos, Lanches 2 opções, Acompanhamentos 5 opções. (você pode já montar pratos completos,mas eu gosto de fazer os acompanhamentos separados também);
  • Como elaborar esse cardápio? Pense em ingredientes que possam ser usados de maneiras variadas em diferentes pratos. Por exemplo: Abóbora – Escondidinho de abóbora, purê de abóbora, muffin de abóbora. Peito de frango – em cubos para um prato, desfiado para outro. Cenoura – ralada para um prato, picada para outros 2 pratos. Entendem? Assim otimizamos tempo e dinheiro!
  • Faça uma lista de compras.Depois do cardápio definido a lista de compras é fundamental para você saber o que comprar e não comprar coisas “a toa”. Caso não encontre algum ingrediente você pode já alterar o prato na hora, por isso leve o cardápio com você.
  • Na hora do preparo: organize sua cozinha. Utensílios são fundamentais como uma boa tábua, uma faca afiada, espátulas e colheres, bowls, e o que mais precisar usar.
  • Faça o mise in place! Mas o que é isso? Certamente você já assistiu a Ana Maria Braga alguma vez na vida. Aqueles potes com os ingredientes medidos, cortados e organizados, aquilo é mise in place. Corte todos os ingredientes da maneira que vai usar antes de iniciar realmente os trabalhos e coloque-os em bowls. Parece frescura, mas é a melhor forma de organizar e otimizar seu tempo. Imagina você com 4 panelas no fogo tendo que cortar 1 cebola por vez para cada uma, mas dai uma entra a cenoura ralada, outra entra o chuchu, outra o tomate.. e tudo tendo que ser cortado na hora, e tem que entrar logo, se não queima… Então, é pra isso que o mise in place serve!
  • Coloque para cozinhar o que demorar mais primeiro;
  • Vá lavando tudo que conseguir durante o processo, se não vira bagunça e você não vai conseguir se encontrar!
  • Encontre as embalagens que vai querer utilizar e já deixe próxima. Assim que os pratos forem saindo já vá montando e lavando as panelas para fazer o restante.
  • E por fim, encontre espaço do seu freezer para caber tudinho! haha

Enfim gente, e como tudo na vida, com a prática vai ficando mais rápido e fácil fazer as comidas, eu prometo! Espero que tenha ajudado!